Pesquisas sugerem que há uma prevalência aumentada de doenças gengivais  como GENGIVITE – um estágio inicial de doença gengival.
PERIODONTITE – doença gengival avançada com perdas ósseas, em pacientes diabéticos.

Não somente as pessoas com diabetes são suscetíveis ás doenças gengivais, mas esta pode ter o potencial de afetar o controle glicêmico
no sangue e contribuir para o progresso do diabetes.

Pessoas com diabetes têm um risco aumentado para doenças gengivais avançadas, porque os diabéticos são geralmente mais suscetíveis 
as infecções bacterianas, e têm uma diminuição na capacidade de combater as bactérias que invadem o tecido gengival.

Pacientes com diabetes também são suscetíveis a infecções fúngicas na boca (ex: sapinho) porque pode ter o fluxo salivar diminuído. Apresentam
maior probabilidade de desenvolver cárie dental, infecções e cicatrização tardia,disfunção da glândula salivar e comprometimento do paladar.
É de fundamental importância a consulta regular de 6 em 6 meses ao seu dentista.