Dicas de Saúde

Novos estudos sobre o Colesterol

De acordo com novos estudos e trabalhos científicos, o nível elevado do colesterol, nada mais é do que um sinal de problema oculto, seu problema é o hiperinsulinemia, um aumento crônico do hormônio insulina, o verdadeiro responsável da substância que é fundamental por influenciar cada célula do organismo. A insulina é o principal regulador do sistema metabólico, sem o qual todos os processos metabólicos ficariam desorientados.
A insulina regula o nível do açúcar no sangue, sua função mais importante e outras funções e ao inibir diversos caminhos metabólicos, a insulina é capaz de deixar a pessoa sonolenta, faminta, saciada, atordoada, inchada, aumenta a pressão arterial, eleva os níveis de colesterol e até mesmo transforma açúcar e proteína em gordura.
Neste dia importante, todos os médicos devem saber como tratar a hiperinsululinemia.

Novos estudos sobre o colesterol

Enzimas digestivas essenciais para a saúde


O que são enzimas digestivas?
As enzimas digestivas são encontradas naturalmente em frutas, vegetais, nozes e outros alimentos, além de muitas serem produzidas pelo próprio corpo. Com o passar do tempo, a quantidade de enzimas presentes no organismo diminui e isso está relacionado ao aparecimento de doenças.
Enzimas são proteínas que facilitam as reações químicas que ocorrem no corpo; quase todo o processo que ocorre no organismo necessita de enzimas. As enzimas digestivas possibilitam que o corpo quebre os alimentos em componentes menores para serem absorvidos.
Existem enzimas especializadas para cada grupo de alimentos: proteínas, carboidratos e lipídios quebram-se em aminoácidos, açúcares e ácidos graxos, respectivamente, graças às enzimas digestivas. Só assim esses alimentos podem ser absorvidos pelas paredes do intestino.

Função das enzimas digestivas
A digestão permite que o corpo absorva os nutrientes e, sem essa possibilidade, não seria possível levar nutrientes e energia para os músculos. Os alimentos mal digeridos podem, com o tempo, formar bloqueios no sistema digestivo, retardando sua eliminação ao mesmo tempo que se tornam um aglomerado tóxico para o organismo. As enzimas digestivas ainda são capazes de reduzir inflamações, encorajar reparos no organismo e combater doenças.

Benefícios
Enzimas reduzem desconfortos gastrointestinais, como gases, náuseas e inchaços, comuns após as refeições. Por possuírem efeitos anti-inflamatórios, enzimas também ajudam a melhorar as dores pós-treino.
Enzimas não agem apenas na digestão, possuem muitas outras funções importantes para o corpo, até mesmo as próprias enzimas digestivas. Apesar dos alimentos crus possuírem naturalmente as enzimas que o corpo precisa, muitas delas são perdidas devido ao cozimento desses alimentos daí a suplementação.

Médicos que praticam a modulação hormonal tem como um dos pilares na sua orientação a correta prescrição de vários enzimas digestivos (bromelina, papaia, amilase e outros), produto chave para desbloquear a boa saúde e vitalidade, sem estas enzimas o corpo não seria capaz de extrair os nutrientes dos alimentos.
Eles são os artesãos que constroem o corpo com proteínas, carboidratos e gorduras.

O sono é a chave da nossa vida!


A energia, o humor, a disposição dependem de como dormimos na noite anterior. Essa verdade, lamentavelmente é ignorada pelas pessoas e por isso sofrem as consequências.
O sono tem uma grande influencia na qualidade de vida no nosso dia a dia,podendo causar Indisposição, mau humor, irritabilidade, depressão e ansiedade, maior sensibilidade à dor muscular, dificuldades de concentração e de memória, o envelhecimento precoce são consequências de noites mal dormidas e pouco sono, ao longo dos anos.

Qual é o tempo necessário de sono?

O ideal e dormir em torno de 8 horas, crianças e adolescentes precisam de 10 horas, durante o sono profundo o hipotálamo libera o hormônio do crescimento necessário para a recuperação das células do DNA que é Melatonina.

A importância da Melatonina!

A melatonina tem um papel profundo no processo de recuperação das células do organismo durante o sono junto com o hormônio do crescimento è um poderoso antioxidante na função de impedir o excesso de radicais livres, de estimular o sistema imunológico, tendo a ver com prevenção de ataques cardíacos e de pressão sanguínea alta, além de participar da produção dos hormônios testosterona e estrogênio.

Daí a importância de consultarmos profissionais médicos capazes de constatar as nossas deficiências hormonais na figura de medico que pratica a Longevidade Saudável.

Vitamina D


Mexa-se contra a trombose


Ficar parado por um tempão é um dos motivos por trás da formação de trombas nas veias das pernas.

Veja como escapar desse problema e de suas graves consequências.

Você provavelmente já ouviu falar em trombose, quadro que ficou bastante associado ao uso de anticoncepcionais. Hora de saber que as usuárias desses itens não são as únicas que podem ficar na mira do perrengue, caracterizado pela formação de coágulos, os trombos, dentro de uma veia geralmente na perna.

Um estudo recente das universidades de Minnesota, Vermont e da Carolina Do Norte, todas nos Estados Unidos, mostra que o sofá é outro grande patrocinador de tromboses. Segundo os pesquisadores, passar muito tempo na frente da televisão aumenta pra valer o perigo de um congestionamento nas veias.

Os cientistas analisaram episódios do problema entre aproximadamente 15 mil pessoas, bem como as respostas fornecidas em um questionário que, entre outras coisas, perguntava sobre a assiduidade com que elas assistiam a televisão. O resultado apontou que, em comparação com quem quase nunca ficava diante a tela, os viciados no aparelho apresentavam uma probabilidade 71% maior de encarar uma obstrução nas veias.

A pesquisa não deixa espaço para dúvidas: movimentar o corpo faz parte da receita para evitar que o enredo se torne trágico. “Quando ficamos parados tempo demais e na mesma posição, a contração da panturrilha não acontece. E ela é a principal responsável por bombear o sangue em direção ao coração”, explica o cirurgião vascular Sergio Betczak, da rede de hospitais São Camilo na capital paulista. Sem a movimentação desse músculo, a velocidade do fluxo sanguíneo diminui e isso favorece a formação dos coágulos”, complementa o cirurgião vascular Luiz Augusto Vasconcelos, do conselho regional de medicina do estado da Bahia.

Para a panturrilha e o sangue sair da inércia, nada melhor que andar, “É importante evitar passar mais de duas horas sentado. A recomendação é fazer pequenas caminhadas sempre que possível”, orienta o cardiologista Luiz Francisco Cardoso, superintendente de práticas assistenciais e pacientes internados do hospital Sírio Libanês em São Paulo. O recado é valido não só para os aficionados por novelas, séries e afins mas também para quem permanece muito tempo grudado na cadeira do escritório ou faz viagens longas de carro ou avião.

5 dicas de saúde bucal que você precisa conhecer agora!

Nós sabemos que a maioria das pessoas se preocupa com corpo e a aparência. Mas será que você anda cuidado tão bem da saúde da sua boca? Vai ao dentista com regularidade? Escova os dentes com a frequência certa? Evita comer doces para não prejudicar a saúde dos dentes? Cuidar da saúde desta parte do corpo é bem simples e para te ajudar vamos te dar 5 dicas de saúde bucal.

CONSUMA ALIMENTOS RICOS EM FIBRAS

As fibras dos alimentos não fazem bem apenas para o nosso sistema digestivo, elas ajudam também na saúde dos dentes. Ingerir refeições com mais fibras significa que o alimento será mastigado por mais tempo e esse contato dos dentes com as fibras ajuda a arrastar impurezas que ficam neles. Portanto, invista em frutas, verduras, raízes, cereais e outros alimentos fibrosos.

USE O FIO DENTAL

As pessoas possuem certa resistência cultural para usar o fio dental. Porém, é preciso adotar esse hábito, porque ele é extremamente importante. A nossa escova de dente, por mais macia e tecnológica que seja, não consegue alcançar alguns locais da boca, principalmente entre os dentes. Restos de comida ficam entre um dente e outro e somente o fio dental consegue removê-los por inteiro.

EVITE COMER DOCES

Reduzir o consumo de doces traz várias vantagens. É possível reduzir medidas, prevenir o diabetes e ainda por cima melhorar a saúde bucal. O grande problema dos doces é que, apesar de quase irresistíveis, eles são o principal alimento para as bactérias que corroem os dentes, formando a cárie. Assim, quanto mais doces você consome, maior será a proliferação de bactérias.

ESCOVE OS DENTES APÓS AS REFEIÇÕES

Você acordou, escovou os dentes, tomou o seu café da manhã e foi direto para o trabalho. Parece familiar? O que tem de errado nessa rotina? Faltou voltar ao banheiro após a refeição e escovar os dentes novamente para retirar os restos de comida que ficaram dos alimentos.

A importância da utilização dos enxaguantes bucais

A cárie dentária e doenças gengivais são causadas principalmente pela placa bacteriana que nada mais é do que uma película pegajosa e incolor que adere-se à superfície dos dentes e é formada principalmente por bactérias e restos alimentares.

Se a placa bacteriana não for removida ela se calcifica formando o tártaro.

Portanto, uma boa higiene bucal é muito importante para evitar o surgimento da cárie dentária e problemas gengivais.

A higiene bucal deve ser feita utilizando uma escova com cerdas macias e pontas arredondadas, e um creme dental que contenha flúor. É importante realizar a técnica de escovação dentária correta e realizar movimentos suaves para evitar ferimento nas gengivas.

Complementando a escovação, deverá ser utilizado o fio dental e o enxaguatório bucal com flúor.

O enxaguatório bucal com flúor é muito importante principalmente à noite, pois é nesse período que as bactérias se tornam oportunistas e atacam a superfícies dos dentes causando cárie dentária e problemas gengivais.

Os benefícios dos enxaguatórios são muitos, dentre os quais podemos destacar: ajudam a eliminar as bactérias que causam a gengivite, a placa bacteriana, o mau hálito e a cárie dentária, atuando onde a escova dentária não alcança, pois permanece por mais tempo na boca uma vez que não devemos enxaguar a boca após a utilização.

Existem diversos enxaguatórios bucais no mercado com diversas formulações e diversos sabores, mas é importante que o mesmo contenha flúor para ajudar a reduzir o risco de cárie dentária.

É importante que, em caso de dúvidas, seu dentista seja consultado para que ele possa esclarecê-las e indicar o enxaguatório bucal ideal para o seu caso.

Portanto, não esqueça que o enxaguatório bucal é um complemento importante da sua escovação dentária diária, devendo ser utilizado pelo menos uma vez ao dia.

Cigarro e saúde bucal: o prejuízo vai muito além dos dentes amarelados

Aspirar fumaça do cigarro eleva o risco para câncer bucal, gengivite, periodontite e halitose

Os dentes amarelados ou escurecidos incomodam bastante quem fuma, os efeitos silenciosos na boca, porém, são graves e merecem atenção: câncer de boca, gengivite e periodontite são os principais riscos enfrentados pelos fumantes.
“O câncer de boca é pouco conhecido pelas pessoas mas é o quinto mais comum entre os homens e o oitavo entre as mulheres. Estima-se que em torno de 15 mil pessoas sejam afetadas pelo câncer de boca a cada ano aqui no Brasil. E 50% deles vão a óbito pela doença, temos que enfatizar que 80% dos pacientes que desenvolvem câncer de boca são fumantes, alerta o dentista estomatologista Fábio De Abreu Alves (CRO-SP 83680), secretário da câmara técnica de estomatologia do conselho regional de odontologia de são Paulo.

Cigarro e doença periodontal

Além das queimaduras na mucosa da boca causadas pela temperatura da fumaça, ela contém substâncias que diminuem a circulação sanguínea da gengiva, o que favorece a atuação das bactérias responsáveis pela doença periodontal. “O cigarro causa uma vasoconstrição sistêmica, fazendo com que a doença passe despercebida porque ao diminuir a corrente sanguínea, a gengiva sangra menos”, observa José Sani Neto (CRO-SP 24963), professor de periodontia do curso de odontologia da unimes (universidade metropolitana de santos).
A doença periodontal  tem inicio com a gengivite, inflamação da gengiva  causada pela ação da placa bacteriana junto á gengiva. A placa é composta por bactérias e restos alimentares que se acumulam entre os dentes e junto a gengiva um dos primeiros sinais da doença é o sangramento. Porém, no fumante, devido á vasoconstrição, isso quase não acontece.
Outros sinais são o inchaço e a retração da gengiva, com maior exposição  da raiz do dente, e o amolecimento do dente. Quando o quadro se agrava, está instalada a periodontite.
“O dente sem cárie começa a amolecer, ter abcessos, e pode até cair. Há pacientes com dentes saudáveis que são perdidos por falta de osso do apoio aos dentes. O problema da enfermidade periodontal é se houver a perda, muito dificilmente poderá haver recuperação. O osso circunda e segura o dente”, explica José.
A realização de implantes também é prejudicada  porque, segundo Fábio, a capacidade de osteointegração é menor nos fumantes devido á problemas de vascularização tecidual.
O maú hálito é também um problema relatado pelos fumantes, isso deve á diminuição da produção de saliva, outro efeito colateral do fumo. Fumar ainda favorece que o cálcio, presente na saliva, se precipite sobre o dente, causando o calculo dental (tártaro).

Diminuir o cigarro já ajuda a melhorar a saúde bucal?

Ambos os especialistas concordaram que reduzir o número de cigarros consumidos, diminui o contato com as substancias tóxicas ,mas os resultados a longo prazo serão os mesmos.” O ideal é parar mesmo, há estudos que demostram que pessoas que param de fumar sentem uma melhora muito rápida porque eles já deixam de respirar a fumaça tóxica do cigarro. Uma pessoa que fuma 20 cigarros por dia, a cada meia hora esta aspirando a fumaça, causando todos os malefícios. E  estima-se que, principalmente em relação ao câncer de boca, a pessoa precise de dez anos para que o organismo se torne desintoxicado pelo cigarro”, analisa Fabio.

Tratamentos

A gengivite e a doença periodontal serão tratadas pelo dentista periodentista por meio de raspagens e polimentos o tratamento ainda requer o acompanhamento pelo profissional. O cuidado extra com a higienização é a chave para o sucesso de controle de doença.” Se ele for um paciente fumante e não ter uma higienização boa, a chance de ter a doença instalada é de 100%. A doença periodontal pode ser estabilizada, mas não tem cura. Se não houver esse compromisso, o paciente poderá voltar a sofrer com a doença.” Alerta josé .
Uma alimentação mais saudável, que priorize o consumo de frutas, legumes e verduras também é importante para o reestabelecimento da saúde bucal.
Caso o dentista venha diagnosticar o câncer bucal, o paciente será encaminhado a um cirurgião de cabeça e pescoço. Haverá necessidade de uma cirurgia e, possivelmente, de radioterapia.
Quanto a estética, ela pode ser plenamente recuperada? Segundo o Fabio, a resposta é positiva:”com um bom polimento e com novas técnicas como as lentes de contato solução estética é o que mais se encontra no mercado.”

10 dicas para uma boa saúde bucal

Trinta e dois. Essa é a quantidade de dentes que um adulto deveria ter na boca para um processo digestivo adequado, uma estética agradável e toda alegria de sorrir. Só que esse não é o número de dentes que a maioria dos brasileiros apresenta.

Confira 10 dicas fundamentais para conservação dos dentes e uma melhor qualidade de vida:

  • Escovar sempre os dentes ao acordar, depois de cada refeição e antes de dormir;
  • Manter uma alimentação sempre saudável, rica em fibras e com baixo teor de açúcares e carboidratos;
  • O grande risco dos açúcares para os dentes é a freqüência em que eles são ingeridos e não a quantidade;
  • Após as refeições, sempre passar o fio dental e realizar escovações com pasta fluoretada;
  • As escovas devem ser individuais e trocadas com freqüência;
  • O fio dental é indispensável, pois os dentes possuem cinco faces e algumas delas não são alcançadas pelas escovas;
  • Não esquecer de escovar sempre a língua ou utilizar limpadores de língua para remover a “saburra” (restos de alimentos e células que deixam a língua com aspecto esbranquiçado/amarelado);
  • Evitar alimentos e bebidas com corantes que possam manchar os dentes e as restaurações de resina;
  • Evitar ingerir refrigerantes e bebidas ácidas, assim como chupar frutas cítricas com muita freqüência. Elas podem causar erosões dentárias e sensibilidade excessiva;
  • Previna problemas odontológicos visitando seu dentista a cada seis meses.

Formas de prevenção para a gengivite

  • Escovar os dentes e passar o fio dental de forma adequada.
  • Utilização de cremes dentais e enxaguante bucal como agentes antimicrobianos para eliminação de bactérias.
  • Visitas regulares ao dentista para limpezas e exames.

Como escovar os dentes?

Use antisséptico bucal adequado, previne o aparecimento de cáries e mau hálito.

Alimentação saudável, dê preferência a alimentos como leite, queijo, legumes, carne, peixes, aves e frutas secas. Evite comer entre as principais refeições!

Visite seu dentista regularmente, é aconselhável a visita ao dentista pelo menos 6 meses, para que seja utilizadas medidas preventivas e tratadas possíveis doenças como cáries, doenças das gengivas, bochechas, línguas e lábios, entre outras.

escovar

Como usar o fio dental

O uso correto do fio dental remove a placa bacteriana e os alimentos nos lugares onde a escova não consegue chegar facilmente – sob a gengiva e entre os dentes. Como o acúmulo de placa pode provocar cárie e gengivite, usar fio dental diariamente é altamente recomendável.

Para aproveitar ao máximo o uso do fio dental, uso a seguinte técnica:

Enrole aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor de cada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre os dedos.
Segurando o fio dental entre o polegar e indicador das duas mãos, deslize-o levemente para cima e para baixo entre os dentes.
Passe cuidadosamente o fio ao redor da base de cada dente, ultrapassando a linha de junção do dente com a gengiva. Nunca force o fio contra a gengiva, pois ele pode cortar ou machucar o frágil tecido gengival.
Utilize uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo.
Para remover o fio, use movimentos de trás para frente, retirando-o do meio dos dentes.

fio-dental-01

Use aproximadamente 40 centímetros de fio, deixando um pedaço livre entre os dedos.

fio-dental-02

Siga, com cuidado, as curvas dos dentes.

fio-dental-03

Assegure-se de limpar além da linha da gengiva, mas não force demasiado o fio contra a gengiva.

Sobre a erosão ácida

erosao

EROSÃO ÁCIDA

Uma nova ameaça aos dentes!

A odontologia obteve grandes progressos no século XX, promovendo muitas iniciativas de saúde publica para o controle das doenças dentais. Consequentemente, nossos dentes estão mais saudáveis e durando mais. Contudo, existe uma preocupação crescente com relação aos dentes em nosso meio, sob a forma de erosão ácida.

A erosão ácida é um dano causado pelos ácidos frequentemente provenientes dos alimentos que enfraquece a superfície do esmalte do dente. Intimamente associada a dieta moderna, prevê-se que a erosão ácida venha a ser um problema emergente para a saúde dental, do século XXI. Atualmente as doenças dentais como a cárie e a doença periodental não são mais tão prevalentes no primeiro mundo como eram no século XX. A melhora da higiene oral e dos tratamentos restauradores aumentaram a longevidade dos dentes no século XXI. Isto significa que os dentes estão sujeitos aos efeitos de desgaste por um tempo maior. A erosão ácida pode afetar todas as faixas etárias e ambos os sexos.

DIETAS ÁCIDAS

Refrigerantes, vinho e até mesmo alimentos que são considerados saudáveis, como algumas frutas e vegetais, são extremamente ácidos. Ex: suco de limão, vinagre, uva, maçã, laranja, damasco, vinho tinto, molho de salada, entre outros.

HÁBITOS DE CONSUMO

Há fortes evidencias científicas que sugerem que o modo pelo qual é consumido o alimento ou bebida ácida, seja mais importante que a quantidade consumida no total. Reter na boca alimentos ou bebidas ácidas prolonga a exposição da superfície dos dentes ao ataque ácido, alimentando, portanto, p risco de erosão. Beber em grandes goles ou “bochechando”, pode aumentar a velocidade e a força do contato da bebida ácida com os dentes, novamente aumentando seu risco. Ao invés disso, os refrigerantes ou bebidas gasosas devem ser tomadas rapidamente ou através de um canudo colocado no fundo da boca, longe dos dentes.

A fonte do ácido pode ser também de origem gástrica (intrínseca). Além da dieta (extrínseca).

SINAIS DE QUE A EROSÃO ÁCIDA PODE ESTAR PRESENTE

  • Sensibilidade – a medida que a dentina se torna exposta, pode-se sentir ocasionalmente uma discreta pontada ao se consumir alimentos e bebidas geladas, quentes ou doces.
  • Descoloração – os dentes podem apresentar uma aparência levemente amarelada devido á visualização da dentina, que pode estar exposta diretamente ao meio ou vista através de uma fina camada de esmalte erodito.
  • Dentes arredondados – uma aparência arredondada e áspera na supefície e borda dos dentes.
  • Translucência – pode haver um aumento na translucência dos dentes anteriores.
  • Fissuras – podem estar presentes pequenas fissuras e asperezas nas bordas dos dentes.
  • Lesões em forma de taças – podem aparecer pequenas lesões em forma de taça na superfície de mastigação dos dentes.

www.erosaoacida.com.br

laboratório gsk glaxosmithkline

Como tratar os sintomas da menopausa

– O tratamento é feito através da terapia de reposição hormonal utilizado porvia transdérmico, hormônios na sua fórmula química igual ao que o organismo produz, logo nos faz bem.
A menopausa é o período em que a mulher sofre com a deficiência dos hormônios estrógeno e progesterona, que até então eram produzidos mensalmente pelos ovários.
A falta dos hormônios ovarianos causa diversos problemas. Alguns dos sintomas da deficiência de estrógeno são ondas de calor, dificuldade para controlar a temperatura do corpo, flacidez, mucosas dos sistemas urinários e reprodutivo mais secas (o que leva a dores nas relações sexuais – dispareunia), infecções urinária recorrentes, humor alterado, ansiedade e depressão, diminuição da libido e insônia. A deficiência de progesterona, por sua vez causa cólicas, náuseas, retenção de líquido e irritabilidade.

– Vantagens da Reposição Hormonal para Menopausa.

  • Redução de risco de doenças cardiovasculares;
  • Redução da osteoporose;
  • Melhora da depressão, Humor;
  • Melhora atividade sexual;
  • Melhora da memória;
  • Melhora dos fogachos;
  • Protege contra o câncer de colo;
  • Melhoria da qualidade de vida;
  • Evita perda óssea dos dentes.

– Tributo a progesterona

  • Reduz LDL;
  • Efeito sedativo natural no snc;
  • Proteção contra osteoporose;
  • Eleva dramaticamente a sensação de bem estar;
  • Proteção contra o câncer de mama;
  • Aumenta a libido;
  • Elimina a retenção Hídrica;
  • Estabiliza os níveis de glicemia;
  • Inibe a atividade pro-coagulante;
  • Aumenta a produção endogena de estriol (Anti- Câncer);
  • Normaliza o humor e comportamento;
  • Anti-Oxidante protetor Cerebral;
  • Aumenta a síntese dos fios de cabelo;
  • Controla o balanço hidroeletrolitico;
  • Potencia os efeitos vasodilatador e ante-agregante plaquetário de estradiol;
  • Aumenta a base de metabolismo basal;
  • Efeito Lipolítico;
  • Diurético Natural;
  • Potente anti-depressivo.

Dicas para acabar com o mau hálito (Halitose)

  • O hábito de beber água frequentemente ajudará a manter em baixa os níveis de bactérias presentes na boca.
  • Realizar a limpeza da língua com a própria escova de dente ou limpador de línguas (produto específico para essa função).
  • O odor desagradável é frequentemente causado pela decomposição dos restos alimentares e por bactérias que permanecem nas fissuras da língua.
  • Chicletes sem açúcar estimulam a mastigação e consequentemente a produção de saliva. Que é a melhor arma contra o mau hálito, pois ela “lava” a boca com enzimas que afastam partículas alimentares e bactérias.
  • Higienização dos dentes com escova dental e creme dental 4x ao dia e uso de fio dental impedem que resquícios de alimentos, por exemplo, fermentem e causem mau cheiro.
  • Faça uma consulta em médicos especialista se o cheiro ruim permanecer por muito tempo na sua boca, poucos casos podem ser ocasionados por problemas no nariz, amígdalas e estômago.
  • O uso continuo de medicações podem trazer mau hálito.
  • Anualmente faça um check-up no dentista e realize uma limpeza para remoção de tártaros.
  • A melhor forma de prevenir o mau hálito e ter uma higiene bucal apropriada é não ficar por longos períodos sem comer e beber água frequentemente.

Reposição Hormonal

  • Serve de base para as diversas terapias aplicadas para renovar a saúde do indivíduo, ou seja, todos os pacientes que sentem cansaço físico e mental, distúrbios de esquecimento, desânimo com a vida, desmotivação sexual ou os que simplesmente querem melhorar a sua qualidade de vida e retardar o envelhecimento. Isso inclui trabalhar com níveis hormonais, associado a uma dieta balanceada e exercícios físicos.

Saúde Bucal

  • Ao passar o fio dental ou escovar, os dentes e a gengiva sangram, é porque há inflamação na gengiva. Procure atendimento odontológico para orientação sobre técnicas de escovação e prevenção e realize uma limpeza para remoção dos tártaros.
  • O escurecimento dos dentes ocorre naturalmente pois trata-se de um processo fisiológico. O clareamento é um procedimento seguro e pode ser realizado tanto em pessoas jovens quanto em idosos. Um sorriso branco é sinônimo de jovialidade e saúde; trazendo uma sensação de maior aceitação social.

Restaurações Estéticas

  • Atualmente, devido à evolução das técnicas de dentística e da evolução das resinas compostas, é possível realizar restaurações dos dentes anteriores e posteriores através do uso de um material estético que é a resina composta; aliando à aparência natural a resistência e a durabilidade.

Limpeza

  • A limpeza consiste na remoção do tártaro; este é formado pela placa bacteriana que endurece na superfície dos dentes. Pode se formar sob a gengiva e irritar os tecidos gengivais.

Tratamento

  • Raspagem (limpeza) e Polimento
  • Estes procedimentos abrangem a remoção do tártaro calcificado, particularmente atrás dos dentes inferiores e a remoção de manchas através do polimento com discos ou escovas rotatórias de borracha.

Manual para uma vida melhor

  • Modifique o seu estilo de vida;
  • Pratique Exercícios Físicos;
  • Controle o stress e a ansiedade;
  • Respeite e cuide do seu corpo;
  • Alimente-se de forma saudável;
  • Mantenha o seu equilíbrio;
  • Busque a sua felicidade.