Ter dente sensível é um problema comum, mas nem sempre quem sofre desse mal conhece suas causas.
A escolha da escova é o primeiro passo para ficar livre daquelas pontadinhas chatas. Ela deve ter cerdas macias e cabeça pequena, para evitar a agressão da gengiva. A dentista Gisele Versannio explica porquê.
“O uso de escovas duras e grandes pode causar a exposição da dentina, parte que fica protegida pela gengiva, embaixo do esmalte. Essa região sensível possui muitos nervos; por isso, quando exposta a diferenças de temperatura, sentimos aquela típica dor aguda”. “A área é recoberta por uma película protetora chamada cemento. No entanto, quando a escovação é feita com muita força, a gengiva se retrai e ele é removido, causando a sensibilidade”. Completa a dentista Andrea Serikawa, da clínica Sorridents.

 

 

 

 

Agressão da gengiva

– A retração gengival e remoção do cemento expõem totalmente a dentina, causando dores agudas.
– Escovas com cerdas duras podem inflamar a gengiva, causando a retração e exposição da dentina.
– A escovação errada e com muita força também agride a gengiva o movimento de vai e vem deve ser evitado.
– A má higiene bucal causa gengivite, doença que pode ocasionar retração da gengiva e decorrente, a sensibilidade.
– Escovação correta: movimento de varredura da gengiva para o dente.

Erosão ácida

– O desgaste do esmalte deixa a dentina mais vulnerável as diferenças de temperatura.
– O consumo frequente de alimentos ácidos e refrigerantes enfraquece o esmalte protetor natural da dentina.
– Consumir produtos desse gênero e escovar os dentes logo em seguida desgasta o esmalte já amolecido pelo ácido.
– Cremes dentais convencionais e de efeito branqueador podem aumentar o processo de abrasão do dente.

FONTE: revista saúde hoje e sempre.