Odontologia

CLÍNICA GERAL

RESTAURAÇÕES ESTÉTICAS

CLAREAMENTO

ENDODONTIA

Odontologia

O que é a Cárie Dentária.

E o desmineralização do esmalte provocada por bactérias que vivem na boca. Estas bactérias em presenças de hidratos de carbono (glicose e sacarose) produzem ácidos com capacidade para destruir parcial ou por completo o esmalte.

Estágios da Cárie:

  1. Cárie incipiente:
    É o primeiro estagio da cárie, aparecem pequenas manchas esbranquiçadas mas ainda não aparece cavidade no dente. Neste estágio, a cárie pode ser remineralizada sem restauração.
  1. Cárie de Esmalte:
    A placa bacteriana não removida, com o decorrer do tempo irá corroer o esmalte do dente, iniciando a formação de cavidades do esmalte.
  1. Cárie de Dentina:
    Depois do esmalte do dente ser afetado, em um 3º estágio, o esmalte é corroído profundamente e atingirá a dentina.
    Nesse estágio você já terá sensibilidade no dente especialmente ao frio, porque a dentina tem terminações nervosas e a cavidade no dente aumentará rapidamente.
  1. Infecção Pulpar:
    Se não tratada, a cárie de dentina atingira a polpa do dente causando infecção e dor intensa em um processo de inflamação irreversível, necessitando de um tratamento endodontico (canal) para salvar o dente.
  1. Como Prevenir:
  • Escovar sempre os dentes usando cremes dentais com flúor.
  • Escovar os dentes com técnica correta, que além de limpar os dentes, massageia a gengiva.
  • Usar fio dental após as refeições e principalmente antes de dormir.
  • Evitar o consumo frequente de bebidas ou alimentos açucarados, principalmente aqueles que grudam nos dentes.
  • Comer alimentos ricos em fibras como cenoura, maçã, pepino, rabanete, salsão e verduras em geral. Esses são considerados detergentes naturais pois estimulam mais a salivação construindo para diminuição da acidez da boca.
  1. Vá ao dentista pelo menos 1 vez ao ano. Ele poderá detectar inicio de cárie e dar orientações quanto a técnicas de escovação, uso do flúor, tipos de escovas e cremes dental.
  1. Como tratar:
    As cáries são irreversíveis e precisarão de tratamento de um dentista através de aplicação de flúor, preenchimento ou extração.

Clareamento

É a grande novidade no mercado da beleza estética, uma ótima opção para as pessoas que desejam acabar com o sorriso amarelo e possuir dentes brancos e harmoniosos.

Clareamento
  1. Clareamento caseiro
    O clareamento caseiro requer paciência porque leva mais tempo para obter resultado comparado ao método feito em consultório. Ele é feito com o auxílio de uma moldeira de silicone preenchida com um gel clareador e tem que ser aplicado todos os dias, durante 3 a 4 semanas ou de acordo com a orientação do dentista.
  2. O processo do clareamento dental
    O clareamento na verdade é uma reação química que as substâncias vão liberar oxigênio, que é um radical livre. Dentro do dente, existem os pigmentos que levaram ao escurecimento dental.
    O oxigênio penetra na intimidade do esmalte do dente e quebra a cadeia de pigmentos em pequenas moléculas que são eliminadas por processo de difusão, isto é, uma reação química de oxidação que converte os pigmentos em dióxido de carbono e água.
    O dente é permeável e o efeito é cumulativo, portanto, a cada seção o dente vai clareando cada vez mais até eliminar toda pigmentação.
  3. Clareamento a laser
    O clareamento dental a laser, é uma forma rápida e confortável que utiliza o peróxido de hidrogênio como substância clareadora e aplica-se a luz do laser.
    Existem sistemas de branqueamento que não utilizam o laser para diminuir a sensibilidade, mas sim, substâncias em gel que fazem esse papel.
    Porém, o nome do clareamento dental a laser se tornou quase como um sinônimo de clareamento dental no consultório.
  4. Associação dos métodos de clareamento caseiro e laser
    A associação dos 2 métodos traz um resultado rápido, eficaz e duradouro.
  5. Pode ser realizado de 3 maneiras:
    a-) em consultório
    O clareamento dental a laser, é uma forma rápida e confortável que utiliza o peróxido de hidrogênio como substância clareadora e aplica-se a luz do laser.
    Existem sistemas de branqueamento que não utilizam o laser para diminuir a sensibilidade, mas sim substâncias em gel que fazem esse papel.
    Porém o nome clareamento dental a laser se tornou quase um sinônimo de clareamento dental no consultório.
    Passo a passo do clareamento a laser:
    No primeiro passo, o dentista limpa cada dente para remover a placa. Depois das gengivas isoladas, o gel de branqueamento dos dentes é aplicado seguido por uma aplicação de laser de luz, ou não.
    A duração de um tratamento a laser pode variar de 1 a 3 sessões.

Endodontia

O que é a endodontia?

É a especialidade da odontologia que trata da prevenção e cura das enfermidades da polpa e suas complicações. Em suma, é o famoso e mais popularmente conhecido TRATAMENTO DE CANAL.

O que consiste o tratamento de canal

O tratamento de canal consiste na remoção do tecido mole que se encontra na parte mais interna do dente (câmara e canal), e que recebe o nome de polpa. Esta pode ser sadia ou infectada e ao ser removida é substituida por um material obturador.

Quando é indicado o tratamento de canal

É indicado quando o paciente relata dor espontânea, isto é, o dente começa a doer sem estímulo, de forma latejante, não muito bem localizada e que aumenta com o calor.  Neste caso, a polpa ainda está viva, porém inflamada, e o uso de analgésicos não resolve. Já quando há morte da polpa, geralmente a dor é bem localizada, havendo sensação de dente crescido e dor ao mastigar.

canal

Raspagem

O que é a raspagem?
A raspagem dos dentes e um tratamento odontológico muito eficaz para remover o tártaro que se instala entre a gengiva e os dentes, podendo causar gengivite ou doenças mais serias na região periodontal.
A raspagem dental tem como objetivo remover o tártaro e tratar a gengivite.

Causas dos tártaros e da gengivite.
A higiene inadequada, o fumos, o stress, a baixa imunidade e os maus hábitos alimentares, podem deixar à gengiva sensível as infecções decorrentes da instalação de uma mistura de bactérias, saliva, cálcio e restos de comida que se instalam entre a gengiva e os dentes formando a placa dental.
Quando endurecida essa placa forma o tártaro que, por sua vê, acarreta na inflamação da gengivite.

Tratamento de raspagem dental.
A raspagem pode ser feita em uma a ate 4 sessões, dependendo da quantidade do tártaro nos dentes e da inflamação na gengiva.

Veja quais são as etapas do procedimento:

1- Raspagem:
Remoção da placa bacteriana endurecida por meio de ultrassom e instrumentos odontológicos.
A placa e a película bacteriana devem ser removidas tanto da superfície dos dentes quanto abaixo da linha da gengiva.

2- Alisamento radicular:
E a raspagem da raiz do dente para reduzir a inflamação. Ao raspar essa área, o dentista alisa as regiões irregulares e impede a reincidência da placa bacteriana. O alisamento e feito para remover as rugosidades que restaram da raspagem com o intuito de deixar os dentes lisos é recuperar a aparência saudável.

Raspagem
ultra-som

3- Polimento:
O polimento dos dentes e feito com pastas polidoras com adição de flúor para ajudar a recuperar as estruturas dentárias tratadas.

4- Benefícios da raspagem dental:

  • Remoção de placa bacteriana ou do tártaro. A cura do processo inflamatório (gengivite) e/ou infecciosos.
  • Diminuição da ocorrência da gengivite e de infecções bucais.
  • Interrupção do sangramento da gengiva.
  • Impedir doenças que podem causar a perda dos dentes.
  • Manter a saúde dos tecidos em volta dos dentes.